Ops, errei! Trader do Citigroup tentou negociar US$ 444 bilhões em ações

Ops, errei! Trader do Citigroup tentou negociar US$ 444 bilhões em ações


Quanto custa um erro de digitação? Em geral, esses deslizes são inofensivos e não trazem grandes consequências. Mas, para o Citigroup, um “pequeno” equívoco no manuseio do teclado acabou gerando um prejuízo milionário em sua operação britânica.

Na quarta-feira, 22 de maio, o banco americano foi alvo de duas multas no Reino Unido no valor total de £ 61,6 milhões (US$ 78 milhões). As sanções foram aplicadas pela Autoridade de Conduta Financeira (FCA, na sigla em inglês) e pela Autoridade de Regulação Prudencial (PRA, na sigla em inglês).

Os dois órgãos apontaram uma série de falhas nos sistemas e controles de negociação do Citigroup. E o que contribuiu para que esses reguladores pesassem a mão sobre a empresa foi justamente um erro de digitação, também conhecido no mercado pelo jargão “fat finger”, ou “dedo gordo”.

As investigações se concentraram de 1º de abril de 2018 a 31 de maio de 2022. E o principal incidente aconteceu em 2 de maio de 2022, quando um trader do banco inseriu uma ordem no valor de US$ 444 bilhões, que deveria ser de apenas US$ 58 milhões, resultando na venda de US$ 1,4 bilhão em ações.

De acordo com um comunicado divulgado pela FCA, alguns controles primários nos sistemas do Citigroup não existiam ou eram ineficientes, assim como o monitoramento em tempo real da plataforma.

Esse contexto permitiu, entre outras falhas, que o trader ignorasse manualmente os alertas feitos. O banco americano chegou a bloquear parte da ordem. Mas um total de US$ 189 bilhões foi enviado indevidamente para um algoritmo de negociação.

O órgão ressaltou ainda que o volume de ações vendidas coincidiu com uma queda material de curto prazo em alguns índices nas bolsas de valores do Velho Continente, que durou alguns minutos.

“A FCA espera que as empresas envolvidas em atividades de negociação, incluindo aquelas que utilização negociação por algoritmos, tenham sistemas e controles eficazes para impedir a ocorrência de erros como este”, disse, em nota, Steve Smart, diretor de fiscalização e supervisão de mercado da FCA.

“Essas falhas levaram à execução de mais de um bilhão de libras em ordens erradas e correram o risco de criar um mercado desordenado. Esperamos que as empresas analisem seus próprios controles e garantam que são apropriados, dada a velocidade e a complexidade dos mercados financeiros”, acrescentou Smart.

O prejuízo para o Citigroup poderia ser, no entanto, ainda maior. No âmbito da FCA, a multa foi estipulada inicialmente em £ 39,6 milhões. Mas teve um “desconto” de 30%, pelo fato de a empresa não ter contestado a sanção.

Já na Bolsa de Nova York, as ações do Citigroup registraram queda de 1,4% no dia. Em 2024, os papéis acumulam, porém, alta de 24%. O grupo está avaliado em US$ 121,6 bilhões.



Fonte: Agência Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *