OpenAI, dona do ChatGPT, já tem receita de US$ 3,4 bilhões (isso sem o acordo com Apple)

OpenAI, dona do ChatGPT, já tem receita de US$ 3,4 bilhões (isso sem o acordo com Apple)


A febre em torno da inteligência artificial (IA) e, em especial, em relação a OpenAI, a desenvolvedora do ChatGPT, está ajudando a companhia a mais do que dobrar sua receita. Em termos anualizados, a OpenAI faturou US$ 3,4 bilhões, disse o CEO da da OpenAI, Sam Altman, segundo uma reportagem do site The Information.

O crescimento acontece a despeito do crescimento da concorrência de empresas como Anthropic, a rival europeia da OpenAI, que disse aos investidores que estava gerando receita a uma taxa anualizada de US$ 100 milhões, com planos de atingir mais de US$ 850 milhões até o fim de 2024.

A receita anualizada ou ARR (da sigla em inglês Annual Recurring Revenue) é uma medida que pega a receita de um mês e multiplica por 12. O objetivo é ter uma ideia do faturamento futuro.  No fim de 2023, ela estava em US$ 1,6 bilhão.

Com valuation de US$ 86 bilhões, os números indicam que a OpenAI está sendo avaliada em cerca de 25 vezes sua receita futura, no limite inferior das recentes captações de startups de IA – e um pouco acima da fabricante de chips Nvidia, de acordo com a S&P Global Market Intelligence.

A maior parte da receita da OpenAI vem de assinaturas de seus chatbots, bem como de taxas para permitir que os desenvolvedores acessem suas APIs. A dona do ChatGPT recebe também um valor quando a Microsoft vende alguns modelos da OpenAI para clientes Azure, algo em torno de US$ 200 milhões anualmente.

A parceria com a Apple, que integrará o ChatGPT em seus produtos, pode dar um impulso adicional à OpenAI – não está claro, ainda, o quanto a empresa comandada por Tim Cook está pagando para a empresa.

Ao mesmo tempo, a OpenAI tem planos de lançar uma série de novos produtos, incluindo um motor de busca e um modelo de geração de vídeos alimentado por IA que poderão aumentar ainda mais as receitas.

Procurada, a OpenAI disse, através de um porta-voz, que os detalhes financeiros eram “imprecisos”, sem dar mais detalhes.



Fonte: Agência Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *