ELI Agro promove evento para discutir inovação e novas tecnologias no Agronegócio | ASN Rio Grande do Norte


Natal – O agronegócio do Rio Grande do Norte tem uma agenda importante nos próximos dias 19 e 20 de junho. Focado na inovação e governança de ecossistemas de inovação, o encontro reunirá empresários e especialistas para explorar as últimas novidades e tendências do agronegócio. A agenda do evento começa às 8h no Auditório da Associação Norte-rio-grandense de Criadores (Anorc), localizado no Parque Aristófanes Fernandes em Parnamirim/RN.

De acordo com Elton Alves, gestor do Programa AgroNordeste no Sebrae-RN, o objetivo do encontro é apresentar as últimas inovações tecnológicas no agro. “Nosso principal objetivo é explorar as mais recentes inovações tecnológicas em equipamentos, suprimentos, softwares e boas práticas de manejo, trazendo para pauta os conceitos da Agricultura 4.0 para nosso público local. Queremos também estimular a sucessão, envolver os jovens e atrair investidores para impulsionar este setor tão relevante mas que uma grande parte do público tem dificuldades em conectividade, acesso à informação e tecnologia.”

Na terça-feira (18), o “Café da Inovação” colocará no centro das discussões as tendências e inovações para o setor agropecuário. Os destaques da programação incluirão temas abordados recentemente na Agrishow e na International Poultry Production (IPP) em Atlanta, Estados Unidos. Entre os palestrantes, estão Marcos Brito, que traz uma rica experiência no mercado de bebidas e foi diretor executivo da Vitagema. Atualmente, ele é sócio investidor da Granja Frita, o maior produtor de ovos da América Latina. Também contribuirão para a discussão Vinicius Eudes, cofundador da Agrosoft, e Anderson Faheina, um produtor que combina sua formação em agronomia com experiência em administração.

Além das palestras, no primeiro dia do evento haverá uma rodada de apresentação dos ELIs (Ecossistemas Locais de Inovação) de diversas regiões do estado, incluindo Natal, Mossoró, Caicó, Pau dos Ferros, Macaíba e Vale do Açu, onde cada localidade terá 15 minutos para apresentar suas iniciativas.

“Este encontro, liderado pelo ELI Agro, marca um esforço inicial para reunir representantes de todos os ecossistemas de inovação do Rio Grande do Norte. É uma excelente oportunidade para conhecer boas práticas. Vamos também debater o modelo do ELI Currais Novos e elaborar um plano colaborativo voltado para a integração dos ELIs em eventos regionais”, detalha Elton Alves.

No segundo dia do evento, na quarta-feira (20), os representantes das governanças terão a oportunidade de visitar o Parque Científico e Tecnológico Augusto Severo em Macaíba, que tem se consolidado como um hub central para inovações tecnológicas no estado. A visita focará na exploração dos serviços, parcerias e projetos atualmente em desenvolvimento no parque, visando integrar e potencializar a estruturação de um hub de agronegócio referência na região.

“Este será um momento importante para entender os serviços, parcerias e projetos em andamento, todos direcionados para fortalecer e expandir o hub de agronegócio que pretendemos estabelecer como referência na região”, reforçou Elton.

Sobre o ELI Agro:

O ELI Agro surge como um hub central para o agronegócio do Rio Grande do Norte, visando integrar pequenos e grandes produtores e criadores de diferentes para fortalecer o setor. A iniciativa abrange toda a cadeia produtiva de diversos segmentos, startups, instituições acadêmicas, além de entidades públicas e privadas comprometidas em transformar o panorama do agronegócio no estado.

Dentre os participantes do ELI Agro, destacam-se o Sebrae, Banco do Nordeste, Caixa Econômica Federal, Faern/Senar, Anorc, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, entre outras instituições relevantes.

Governança do ELI Agro:



Fonte: Sebrae

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *